MINHA TRANSIÇÃO CAPILAR

image

Foi assim. Do nada. Conversando com minha amiga decidi eliminar a coisa estranha que estava meu cabelo e digo estranha, porque apesar de ser meu, não era meu.

Desde os 3, 4 anos de idade faço amaciamento (intervenção química capilar com amônia para diminuir o volume da raiz), é, super nova mesmo. E entendo minha linda mamãe por me colocar nesse Universo. Como eu já disse antes, não há negros ou descendentes na minha família, ninguém tinha um cabelo semelhante ao meu para lidar. Até que o cabelo da minha mãe era volumoso e cacheado (em algumas fases da vida), mas mesmo assim ela não gostava e tinha alguns truques para mudar isso. Enfim, eu vivia com cabelo bem preso, bem puxado (lindo, mas TODOS OS DIAS? Haha). Então minha mãe me levou para o salão de cabeleireiro bem cedo e com o procedimento poderia usar o cabelo solto, já que o volume era o inexistente, sendo assim, mais fácil de arrumar. Esse ritmo de amaciamento na raiz era muito bom na época. Ele tirava o volume, mas não os cachos.

Até que chegou o dia em que o amaciamento já estava no cabelo inteiro, da raiz às pontas, por conta do crescimento do cabelo, e ficou muitos anos assim. Sem ter o que fazer com ele, no primeiro mês de amaciamento uma beleza nos outros uma coisa “SEM”: sem vida, sem volume, sem cachos. Eu não tinha muita opinião sobre, não entendia muita coisa e nem conhecia muitas crespas ou cacheadas. Só ouvia dizer o quanto era difícil ter cabelo cacheado/crespo. Sempre. Conheci a escova e a chapinha (primeiro achei que não pegaria no meu cabelo por nada, mas pegou!) e me apaixonei pelo resultado! Achei que tinha achado a solução para cabelo bonito por mais tempo e usei bastante mesmo!!!
No ensino médio, um pouco mais madura eu queria MUITO ter cabelo cacheado e achava que não poderia mais, pelo menos não com aquele cabelo e cheguei a pensar em permanente, mas mudar a rotina e fazer química com química… Melhor não!
Eu nem tinha noção de que aquela raiz crespa e volumosa seria minha salvação. Eu sempre quis escondê-la, porque ela me atrapalhava bastante.
Entrei na faculdade que apesar de ser de Exatas, muito aprendi sobre o meu próprio ser, principalmente com colegas. Busquei pesquisar mais sobre o assunto de ser negro com “cabelo duro” e me ver cada vez mais incluída nesse universo.
Conheci algumas blogueiras que falavam sobre transição capilar e que o modo mais rápido seria fazendo o corte de toda química, o BC (Big Chop). Fui pensando e no sétimo mês após o último amaciamento aconteceu o Grande Corte. Minha libertação! E o engraçado é que parece que não foi um simples corte de fios, foi um presente que dei a mim mesma! Um gesto de amor próprio ☺ Eu gostaria que todos tivessem essa sensação!

Enfim, foi mais ou menos isso. Sou muito mais feliz e tenho algo importante a dizer: cabelo crespo ou cacheado não é difícil de lidar.

Histórico dos últimos anos:

  • Com amaciamento:

cabelo com amaciamento

  • Com cabelo liso (amaciamento e chapinha):

image

  • Em transição:
  • transiçãoDias pós BC:
  • posbcHoje em dia (2 anos natural)

image

Grande beijo,
Duda @negraecrespa

MODA AFROEMPREENDEDORA

Que o Brasil teve uma ascensão forte da cultura negra nos últimos anos, não tem como negar. É muito bom ver que a consciência das raízes afros se fortaleceu tanto. De crianças a idosos. E tem muita gente fazendo isso acontecer!

Um dos campos que está ajudando nesse crescimento é a área da moda de pequenos empreendedores com foco no empoderamento, nas raízes, na aceitação do cabelo natural, etc.

Por sorte e competência desses empreendedores, temos muitas marcas por aí e vou citar algumas que conheço:

E essa pequena lista é realmente uma mínima amostra de todo esse movimento legal que está rolando. É gratificante ver isso se espalhando. A personalidade é algo que também “se veste” e assim ganhamos oportunidade de usar o que queremos dizer sem nem precisar abrir a boca :), além de que a moda é linda, colorida, alto astral e só transmite coisas boas e uma força gigante!

Todos da lista acima estão com link clicável para o site oficial correspondente, as fotos foram tiradas das redes oficias das lojas.

E… surpresa!!! A Agridoce Camisas está com desconto de 15% para os leitores/seguidores. Basta usar o código CRESPA15, aproveite: www.agridocecamisas.com.br!

Desconto Agridoce

É isso, gostaram? Tem alguma loja para indicar? Me conte nos comentários ou nas redes #negrasecrespas!

Grande beijo,

Duda @negraecrespa

” MILIONÁRIO DO SONHO” E A LIBERDADE DE SER O QUE SE É

“Tendo um cabelo tão bom, cheio de cacho em movimento, cheio de armação, emaranhado, crespura e bom comportamento, grito bem alto, sim! Qual foi o idiota que concluiu que meu cabelo é ruim? Qual foi o otário equivocado que decidiu estar errado o meu cabelo enrolado? Ruim pra quê? Ruim pra quem?
Infeliz do povo que não sabe de onde vem
Pequeno é o povo que não se ama, o povo que tem na grandeza da mistura o preto, o índio, o branco, a farra das culturas
Pobre do povo que, sem estrutura, acaba crendo na loucura de ter que ser outro para ser alguém”

Trecho de Milionário do Sonho – Elisa Lucinda (MARAVILHOSA!)

Recitado pela autora e Emicida no álbum: O Glorioso Retorno de Quem Nunca Esteve Aqui, Emicida (2013)

Para começo de conversa: isso não se trata de cabelo apenas, isso é sobre a liberdade de ser quem se é e de aceitar a diversidade a sua volta. O que importa é ser do bem e nada mais. O Brasil é mistura, o Mundo é mistura. Ninguém aguenta mais a ditadura da perfeição, o preconceito velado chega! Quem ainda não entendeu, má notícia: deve se acostumar. E o movimento dos “oprimidos” está e vai continuar crescendo. Porque eles (nós!) já entenderam que têm voz. Eu ainda acho estranho ter que falar disso. Estamos em 2015, POXA! É difícil pensar que as pessoas gostam de ver que tá tudo igual, todo mundo com a mesma cabeça, com o mesmo físico, com as mesmas palavras. A diferença é tão linda!

Meu primeiro desejo com a página no instagram e depois aqui foi incentivar a auto estima, acho que isso liberta da prisão de não ser você mesmo e abre a mente para aceitar o próximo.

Vamos nos amar e respeitar o próximo? É bem fácil. Desafio a cada um de vocês.

Por fim, fui superficial e não era esse o meu objetivo, mas, por ora é isso.

Grande beijo,

Duda @negraecrespa

BB CREAM CAPILAR, PARA QUE SERVE?

BB Cream?

Fiz a pergunta da imagem acima essa semana no Instagram. Todas as meninas que responderam ou nunca usaram ou não conhecem o BB Cream Capilar. Ele é um produto que foi evidenciado esse ano, mas existe há mais tempo. O BB Cream Facial já é uma realidade um pouco mais ultrapassada (até porque hoje em dia temos CC Cream, DD Cream e por aí vai kkk) e foi a inspiração para ser criado o Capilar.

Então, o que é o BB Cream Capilar?

Depois de BUM no mundo da maquiagem, o BB Cream, que tem diversas funções no rosto (hidratante, base, corretivo, protetor solar, primer, etc.). Foi desenvolvido o BB Cream para os cabelos com a mesma proposta: muitas funções em um só produto. A principal finalidade é nutrir e proteger os cabelos. Cada marca tem um BB Cream com seus benefícios próprios, algumas tem mais benefícios, outras menos. Enfim, o que importa é que o produto é interessante e ajuda muito nos cuidados aos fios.

Pode ser usado diariamente como leave-in, protetor térmico ou pré finalização, tanto no cabelo molhado quanto seco em qualquer tipo de cabelo.

Assim que eu soube da existência dele eu tive muita vontade de testar! Eu já usei de três marcas diferentes, um deles vou contar a experiência aqui e os outros vou deixar o link do instagram, pois já falei deles por lá.

  • Help! 6 em 1 SOS Capilar BB Cream – Hair FlyIMG_20150909_195522762_HDR

Meu BB Cream favorito!

Seus seis benefícios são: hidratação instantânea, controle de volume, doador de brilho, ação anti-frizz, ativa os cachos e hair stylized.

Perfeito para cabelos cacheados e crespos (até porque um dos benefícios é ativar os cachos), desidratados, ressecados, danificados, em brilho e elasticidade. A fórmula tem ativos hidratantes e nutritivos que atuam nos fios de forma imediata, restaurando e reduzindo o volume.

Minha experiência: a melhor possível!

O produto realmente oferece tudo que se propõe, além de ser um ótimo finalizador, pois é um BB Cream um pouco mais grossinho (quase creme de pentear). Como eu não dispenso o uso do creme de pentear, meu roteiro de finalização ficou BB Cream + Creme de pentear (pouca quantidade!) + Óleo reparador (se houver necessidade!).

Ele colabora para que os days after sejam muito mais bonitos, duradouros e com definição nos cachos.

Preço sugerido na loja virtual: R$ 20,70

  • BB Cream Capilar – Sotarelli

https://instagram.com/p/6VgniBreeL/

  • Full BB Cream – Felithi

https://instagram.com/p/4u5VkSLeRb/

Saiba mais sobre a proposta do BB Cream: M de Mulher e Extra

P.S.: Esses produtos estão no press kit enviado pela marca e as opiniões são extremamente sinceras. Não é publicidade paga.

Grande beijo,

Duda @negraecrespa

CURLFEST 2015

Aconteceu outro evento de empoderamento crespo no Brooklyn, NY – EUA no último sábado de agosto, o CURLFEST.

Curl FestDia 29, aconteceu a segunda edição do evento que foi um encontro de cabelos Afros, Twist-Outs (cabelo com twist), Cachos (e Barbas!). Embalado por uma trilha sonora de música chill (relaxante) e muita energia positiva. O objetivo maior do evento é espalhar o amor a maneira de Brooklyn na celebração de todas as coisas naturalmente bonitas. E claro, conhecer gente na mesma vibe.

Reuniram-se lá muitos apoiadores do cabelo natural, para promover auto estima, e combater preconceito que levam ao “auto-ódio”. Para disseminar esta mensagem, o evento contou com uma equipe de blogueiros e formadores de opinião em um grande piquenique com bate-papo sobre temas como: fazer as crianças amarem seus cabelos naturais e como deixar o cabelo naturalmente bonito.

Foi mais um evento de desfile de cor, empoderamento, beleza e alegria.

Sobre o CurlFest 2015, fiz uma seleção com muitas fotos lindas para vocês: (é só clicar na foto para vê-la maior!)

*Todas as fotos estão no Facebook Curly Girl Collective – (organizadoras do Curl Fest).

(Em agosto ocorreu o evento AFROPUNK FEST também, confira mais sobre ele clicando aqui).

Para ver mais fotos do evento, a tag é #CurlFest ou confira nas redes do evento.

ícone CurlGirlO site do evento é: http://curlfest.splashthat.com/ e das organizadoras: http://www.curlygirlcollective.com/ | Inst: @CurlyGirlCollective | Face: /CurlyGirlCollective

Grande beijo,

Duda @negraecrespa